• Saullo Vianna

Amazonas amplia estrutura com novos leitos para pacientes de Covid-19



Passa a funcionar a partir desse sábado, 18, o Hospital de Retaguarda da Nilton Lins, que também vai ser unidade de referência para tratamento de pacientes com coronavírus (Covid-19) em Manaus.


O hospital começa a operar, inicialmente, com 66 leitos, sendo 16 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O Governo do Estado continua o trabalho na busca de insumos e recursos humanos para alcançar a capacidade máxima da unidade, de 400 leitos.


Com uma área construída de 30 mil metros quadrados, o local terá no seu quadro de profissionais bombeiros da área de saúde, aprovados no concurso público de 2009 e convocados, em abril deste ano, para reforçar o corpo técnico de médicos, enfermeiros e outros profissionais da rede estadual de saúde.


O Hospital de Retaguarda deve começar a receber os primeiros pacientes, ainda neste sábado, encaminhados de outras unidades, como SPAs.


A unidade tem estrutura para atender alta complexidade, com equipamentos de tomografia, ressonância e leitos de internação, tanto clínicos quanto de UTI.

13 visualizações