top of page
  • Foto do escritorSaullo Vianna

Saullo Vianna mobiliza Defesa Civil Nacional e pede agilidade no socorro às famílias atingidas pela cheia no Amazonas


Em reunião com o secretário Nacional, Wolnei Wolff, o deputado federal Saullo Vianna (União-AM), apresentou a situação dos municípios de Boca do Acre, Envira - já em situação de emergência - e Guajará, que sofrem com as alagações em suas sedes e zonas rurais.

“Como ainda estamos no início do período da cheia, pontuamos a importância de nos anteciparmos na ajuda humanitária aos moradores dos municípios”, afirmou Vianna.

Somente em Boca do Acre, são mais de 16 mil moradores atingidos. Segundo o parlamentar, é preciso que todas as autoridades dos municípios estejam atentas para formular seus pedidos de decretação de estado de emergência para que as homologações se dêem com a maior brevidade possível.

Do secretário Wolff, Vianna teve a garantia de que a Secretaria Nacional de Defesa Civil fará todos os esforços para que a ajuda chegue o quanto antes aos municípios amazonenses.

Ao todo, já são dez municípios do Amazonas em estado de alerta; Guajará, Ipixuna, Itamarati, Envira, Eirunepé, Carauari, Boca do Acre, Pauini, Labrea e Canutama. Já Juruá encontra- se em estado de atenção


Nível dos rios ultrapassou a cota de transbordamento

A cheia dos Rios Acre e Purus tem afetado os moradores de Boca do Acre, município do interior do Amazonas, segundo a Defesa Civil. O nível dos rios chegou a 20,20 metros, nesta terça-feira (12), ultrapassando a cota de transbordamento em 1,45 m.

Outro município do Estado que também tem sofrido com a subida das águas é Envira. A cidade decretou em situação de emergência no dia 4 de março após a cheia dos rios Tarauacá e Envira.

0 visualização0 comentário

Komentarze


bottom of page