top of page
  • Foto do escritorSaullo Vianna

Saullo reforça compromisso com ZFM durante anúncio de concessão de incentivos a empresas do PIM

O deputado Saullo Vianna (União-AM) esteve, nesta sexta-feira (17), na sede da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam), em Manaus, onde o governador Wilson Lima assinou decretos para concessão de incentivos fiscais a 64 empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). A previsão é que 2 mil novos postos de trabalho sejam criados.

Apesar da projeção favorável com essa iniciativa, a Reforma Tributária e a preocupação com o futuro da Zona Franca de Manaus foram o centro dos debates entre os presentes. Saullo Vianna, que é um dos 12 membros do Grupo de Trabalho da Câmara Federal criado para analisar a PEC 45/2019, adiantou que o principal objetivo é fazer com que o Congresso Nacional entenda que o modelo Zona Franca é importante não apenas para o Amazonas, e sim, para todo o país.

“Essa discussão da Reforma Tributária, da forma como está hoje, fere de morte a Zona Franca de Manaus. Por isso, nosso papel é de defender, no Congresso Nacional, a permanência dos incentivos fiscais que temos no Polo Industrial. As excepcionalidades do PIM precisam ser mantidas, para assim, assegurarmos os empregos e, principalmente, a floresta em pé”, ressaltou Saullo.

O presidente da Fieam, Antonio Silva, aproveitou a oportunidade para dizer que o Amazonas precisa ter um discurso único em defesa das vantagens competitivas do Polo Industrial de Manaus, asseguradas na Constituição Federal. “Todos precisam ser ouvidos e a partir disso, temos que construir uma linha única para defender os incentivos que temos aqui.”

9 visualizações0 comentário
bottom of page