top of page
  • Foto do escritorSaullo Vianna

Saullo propõe emenda de bancada para reconstruir comunidade afetada por desabamento em Beruri

O deputado federal Saullo Vianna (União-AM) propôs, durante pronunciamento na Câmara dos Deputados, que os parlamentares federais do estado direcionem emenda de bancada à Lei Orçamentária Anual (LOA) para viabilizar a construção de casas destinadas às famílias desabrigadas após o desbarrancamento em Beruri, município do Amazonas. O deslizamento de terra, conhecido como fenômeno natural 'Terras Caídas', destruiu a única Unidade Básica de Saúde do local, afetou mais de 47 residências e causou danos a mais de 300 pessoas na comunidade do Arumã.


“É nossa responsabilidade proporcionar às famílias uma chance de recomeçar em um ambiente seguro e digno. Toda essa comunidade vai desaparecer dessa região por causa do risco eminente de desabamento. Por isso, tomo a atitude de pedir essa emenda para que possamos reconstruir Arumã nessa região, pois várias comunidades dependem dela. Espero que possamos construir 150 unidades habitacionais para auxiliar essas pessoas. O estado do Amazonas pede socorro”, afirmou Saullo.


Vianna reforçou que além da reconstrução das casas, também é necessária a reconstrução da escola e da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Arumã, que por ser um polo naquela região, atendiam à população de comunidades vizinhas, que agora terão ainda mais dificuldade no acesso à educação e saúde.


Até o momento, duas vítimas fatais foram confirmadas e três pessoas estão desaparecidas. A situação continua crítica, com o solo ainda apresentando movimentações e o nível de água gradualmente aumentando, dificultando o acesso das equipes de resgate. Como medida preventiva, a comunidade será realocada integralmente, uma vez que persiste o risco de novos deslizamentos.


A proposta de Saullo Vianna visa à construção de uma vila habitacional no estilo do programa "Minha Casa, Minha Vida", com subsídios do governo federal.


Estiagem


Saullo Vianna também chamou a atenção para a reunião que ocorreu, hoje (3), no Ministério do Desenvolvimento Regional, onde a bancada federal do Amazonas se uniu aos prefeitos do interior do estado. O objetivo principal: buscar assistência urgente do Governo Federal para os municípios que enfrentam as complicações devastadoras devida à seca dos rios Solimões e Amazonas.


O grupo foi recebido pelo Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff, e sua equipe, em busca de medidas humanitárias essenciais em meio a essa crise. As comunidades ribeirinhas, que dependem diretamente dos rios para acesso, estão enfrentando uma situação particularmente difícil.

Entre as demandas apresentadas, destacam-se a necessidade de cestas básicas, fornecimento de água potável, madeira, combustível e medicamentos. Além disso, o aumento significativo no preço dos produtos, devido às dificuldades no transporte, foi discutido como um problema sensível que precisa ser resolvido.

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page