top of page
  • Foto do escritorSaullo Vianna

Maior da história: Com articulação de Saullo Vianna, Ministério do Turismo, Correios e Petrobrás anunciam R$ 12 milhões em patrocínio ao Festival de Parintins

m uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto, o Ministro do Turismo, Celso Sabino, os Correios e a Petrobras anunciaram o repasse de R$ 12 milhões para o Festival Folclórico de Parintins deste ano, o maior da história. Os recursos foram garantidos graças à articulação do deputado federal Saullo Vianna (União-AM), iniciada no Festival de Parintins do ano passado, quando o parlamentar convidou o hoje ministro do Turismo, à festa.


“Esse anúncio de hoje aqui foi fruto de um longo trabalho de negociação. Tivemos vários eventos para que isso pudesse ser organizado, mas isso também demonstra a credibilidade do nosso Festival. Só para vocês terem uma ideia, o Festival tem hoje 16 patrocinadores, sendo o evento cultural com o maior número de patrocínios, muito por conta da entrega que oferece e da credibilidade construída ao longo dos mais de 100 anos de história dos bois Caprichoso e Garantido. Quero aqui, de coração, agradecer ao Ministro Celso Sabino, às representantes dos Correios e da Petrobras, por acreditarem na nossa festa”.




Além disso, desde o início do ano legislativo, Saullo Vianna tem se dedicado intensamente a garantir recursos e parcerias para o festival. Em Brasília, acompanhado dos presidentes dos bois Caprichoso e Garantido, Rossy Amoedo e Fred Góes, respectivamente, que também estiveram no evento de hoje, Vianna participou de diversas reuniões com órgãos e Ministérios.


“Eu quero aqui fazer um anúncio e também um desafio especial ao Caprichoso e ao Garantido. Nós vamos, junto com o Governo Federal, o Ministério do Turismo, os Correios, a Petrobras e os bois, fazer esse ano um maior e melhor Festival de Parintins da história. Este investimento reforça a importância do Festival de Parintins como uma vitrine cultural do Amazonas e do Brasil, promovendo o turismo e gerando oportunidades econômicas para a região”, disse o ministro Celso Sabino.


Além das negociações com o Ministério do Turismo, Vianna também esteve com técnicos da Petrobras e dos Correios, e com o presidente da Embratur, Marcelo Freixo. Freixo expressou seu entusiasmo pelo festival e comprometeu-se a potencializar a divulgação do evento internacionalmente, levando jornalistas dos Estados Unidos e Europa ao festival.


Impacto - O Festival de Parintins é mais do que apenas uma celebração cultural, é um motor econômico vital para a região. Em 2023, o festival gerou uma receita impressionante de mais de R$ 146 milhões. Este evento atraiu 110 mil pessoas para a ilha Tupinambarana, cada uma contribuindo para a economia local de maneiras significativas. Além disso, o festival é uma importante fonte de renda para pequenos empreendedores locais, como tricicleiros, costureiras, artesãos e muitos outros profissionais.

2 visualizações0 comentário

Kommentarer


bottom of page