• Saullo Vianna

Em viagem pelo Alto e Médio Solimões, Saullo Vianna apresenta ações do mandato e ouve demandas de 10



Entre esta segunda (26) e sexta-feira (29), o deputado estadual Saullo Vianna (PTB) esteve em 10 municípios do Amazonas, nas calhas do Alto e Médio Solimões. Tabatinga, Benjamin Constant, Atalaia do Norte, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Jutaí, Fonte Boa e Tefé puderam apresentar suas demandas e necessidades, além de conhecer o trabalho realizado ao longo do mandato do parlamentar.


O Setor Primário foi uma das principais pautas debatidas durante as reuniões realizadas com lideranças e moradores das comunidades do interior do Amazonas.


Saullo destacou que os municípios do interior possuem grande potencial para o Setor Primário, porém, é necessário assessoria técnica, infraestrutura e fomento para estimular a produção e alavancar a economia das cidades.


“Não existe outra forma de desenvolver nosso interior, que não seja por meio do Setor Primário. Para isso, é necessário assessoria técnica para o produtor, fomento para agricultor e pescador, melhorar a estrutura dos ramais para escoamento da produção, e que o poder público contribua comprando a produção rural”, disse.


Obras inacabadas e infraestrutura também foram problemas apresentados na região. Muitas cidades sofrem com problemas de ruas esburacadas e obras públicas paralisadas, como a construção de escolas.


“Recuperação da malha viária e obras paralisadas foram demandas que recebemos em várias cidades. Em Tonantins, por exemplo, visitamos a obra paralisada de uma escola, que beneficiaria muitas crianças da região. Além disso, munícipios também sofrem com a falta de uniformes, materiais e estrutura para oferecer um ensino de qualidade. São pautas que iremos trabalhar para, em breve, levarmos uma solução para estes moradores”, afirmou o deputado.


Os municípios também apresentaram suas demandas na área de saúde. A pandemia da Covid-19, que afetou todos os setores do Amazonas, também mostrou a deficiência na saúde estadual, principalmente na atenção básica.


“Pude conversar com os moradores, conhecer um pouco da realidade dos municípios, para ajudar a trazer o que tanto precisam. São pautas muito importantes, e disponibilizamos nosso mandato para buscar soluções”, acrescentou.


Segurança


A falta de efetivo policial nas cidades do interior tem sido problema recorrente. Muitas cidades relataram a falta de segurança em terra firme e nos rios.


“A segurança pública é algo que precisa ser mais trabalhado, com mais investimentos. Nós estamos empenhados em fazer com que o governo consiga aumentar o efetivo nessa região, além de reforçar equipamentos e viaturas”, acrescentou.

4 visualizações0 comentário